13/05/11 | 8:12
Prefeitura ensina cultivo de hortaliças e plantas medicinais

Mais de 200 alunos da escola municipal Maria do Céu, no bairro de Ajuricaba, receberam nesta quinta-feira (12) o curso de criação de horta caseira e cultivo de plantas medicinais oferecido pela Prefeitura de Manaus.

A escola, que atende crianças de 4 a 6 anos, foi escolhida pela Secretaria Municipal de Produção e Abastecimento (Sempab) para iniciar o projeto de criação de hortas caseiras. O colégio está integrado ao dia a dia da comunidade, por isso servirá de pólo para ensinar aos moradores as técnicas do cultivo de hortaliças e plantas medicinais.

Por meio de aula prática, o engenheiro agrícola José Frota e o técnico agrícola Edson Seixas ensinaram aos estudantes como criar uma horta doméstica. Foram mostradas as técnicas para preparação do solo, escolha de sementes, adubação e irrigação. Os alunos também aprenderam o momento certo para colher vários tipos de hortaliça como cheiro verde, coentro, cebolinha e couve.

Após conhecer as técnicas, os estudantes tiveram aula sobre a importância da boa alimentação e como ela ajuda no desenvolvimento das crianças. “É importante que os estudantes conheçam o trabalho necessário para que o alimento chegue às suas casas”, explicou José Frota. “A boa alimentação ajuda no desenvolvimento das crianças e evita o surgimento de doenças como anemia e desnutrição”, ensinou.

Além de conhecerem as principais hortaliças oferecidas nas feiras e mercados de Manaus, os estudantes aprenderam a cultivar plantas medicinais como hortelã, capim santo e boldo. As plantas estão sendo cultivadas no terreno da escola e podem ser usadas por professores e alunos.

A diretora Lucy Meire Braga contou que os alimentos serão inseridos na merenda escolar, beneficiando diretamente os alunos. “As crianças serão duplamente beneficiadas, pois terão à disposição alimentos frescos e ficarão mais dispostas a comer as verduras que elas próprias plantaram”, destacou.

A cada semana, a Sempab levará o curso a outros colégios e comunidades que desejam participar do projeto. A ação tem o apoio das secretarias municipais de Educação, Meio Ambiente e Limpeza. Mais informações pelo telefone 3214-9825.

Assessoria de Comunicação da Sempab